A equipe de advogados da Martins Castro esteve hoje (21) na Comunidade Israelita de Lisboa (CIL) para dar entrada em novos processos de pedido de certificação de descendência de Judeus Sefarditas. Sendo uma das especialidades do escritório, essas visitas são periódicas para conseguir acompanhar as análises dos clientes e também manter-se informados com as novidades da instituição.

Segundo o advogado e sócio da Martins Castro, Renato Martins, essas visitas são importantes para manter a boa relação com a CIL. “Para além disso, é nosso dever orientar bem todos os clientes para que não faltem documentos exigidos pela entidade e, desta forma, o tempo de espera da análise documental seja menor”, explica.

Desde o Decreto Lei nº 30-A/2015, que concede nacionalidade portuguesa para quem comprova descendência dos judeus sefarditas, a CIL já protocolou quase seis mil pedidos, dos quais cerca de mil ainda estão sobre análise e cinco mil já possuem os certificados. No ranking destes pedidos, o Brasil está em segundo colocado, ficando atrás apenas de Israel.

Pelo tempo de espera destas análises, observa-se que o volume de pedidos cresceu nos últimos tempos. A boa notícia é que a entidade está reforçando o seu time e, hoje, foram apresentados dois novos colaboradores para a equipe Martins Castro: um português e uma israelita. “Acreditamos que, com esses reforços, o tempo de espera pela emissão dos certificados diminuirá, assim, o processo de nacionalidade correr mais rapidamente”, destaca Martins.

Mais informações:

www.judeussefarditas.com