em marzo 10, 2021
eBook Sefarditas

Família Nogueira da Gama

em marzo 10, 2021

Família Nogueira da Gama

Los Nogueira da Gama são descendentes de uma numerosa e proeminente família que, nos tempos do Brasil colônia, recebeu honrarias e títulos de nobreza a exemplo do Marquês de Baependi, o Barão de Santa Mônica e o Barão de Nogueira da Gama.

A origem do sobrenome em Minas Gerais se dá a partir do casamento de Nicolau Antônio Nogueira e Anna Josepha da Gama. Ele era filho de Tomé Rodrigues Nogueira do Ó, fundador de Baependi (MG), e de Maria Leme do Prado. Natural do Estado de São Paulo, Maria era descendente de Antônio Bicudo Carneiro.

Em Minas Gerais, os Nogueira da Gama produziram uma numerosa descendência. Mas esta não ficou restrita ao Estado de origem da família. Ramos dos Nogueira da Gama já foram identificados no Rio Grande do Sul, Bahia, Espírito Santo e Rio de Janeiro.

PUEDES COMENZAR TU ÁRBOL GENEALÓGICO.

A migração para outros Estados levou à junção dos Nogueira da Gama com outras famílias. No Río Grande del Sur sabe-se da união com a família Carneiro da Fontoura. Já no Rio de Janeiro uniram-se à família Werneck e outras da região do Vale do Paraíba fluminense. No estado da Bahia o encontro foi com a família Calmon.

Já no Espírito Santo há indicativos da presença de dois ramos da família. O primeiro fixou-se na região de Linhares e o outro na de Alegre y Cachoeiro de Itapemirim. Em ambas as localidades os Nogueira da Gama tiveram papel importante no povoamento e desenvolvimento da região.

A vasta descendência dos Nogueira da Gama propiciou, inclusive, o encontro com descendentes de outros sefarditas. Um exemplo desse encontro se dá quando os descendentes dos Nogueiras da Gama estabelecem união com os descendentes de Manuel Paredes da Costa, cristão novo lisboeta, morador de Salvador e processado pela inquisição por blasfêmia.